sexta-feira, 8 de janeiro de 2016

#INSPIRAÇÕES PARA JANEIRO


Depois de longos meses sem postar por aqui voltei, agora com 18 anos, com inspirações para sair no verão. Janeiro é o mês das festas ao redor do Rio de Janeiro, bailes de trap na rua, baladas indie, "gafieiras", e pensando nisso separei algumas combinações que encontrei pela internet para me inspirar ao me vestir para as noites cariocas. 

Short jeans e blusa de malha é a combinação mais óbvia e clássica de todas, não tem erro. A dica é apostar em cintos, cordões, pulseiras e todos os acessórios que puder encontrar por aí. 

O short jeans nunca sai de moda, mas uma nova tendência desses últimos meses é esse colete de alfaiataria, como um blazer sem as mangas. E sim, pode usar muito tênis nas festinhas! 

Lindos, práticos e versáteis: os maiôs servem como body, dá até pra cair no mar/piscina depois da festa. Ótimos para eventos, como o I Hate Mondays, que terminam na praia.

Vestidos com tênis, tiro certo. A segunda foto apresenta uma blusa que cobre as peças de baixo mas as deixando visíveis, super cool.


Calça boyfriend + cropped + sandália birken = <3 
Camiseta soltinha + saia de oncinha + tênis de oncinha = <3
T-shirt preta + skinny preta +birken = <3

O meu preferido com toda certeza foi esse aí. Super diferente e ao mesmo tempo simples! 

terça-feira, 26 de maio de 2015

SAIA MIDI + TÊNIS


 Depois de uns meses parada voltei trazendo uma tendência que roubou meu coração: a saia midi. É evidente que a saia midi é um tanto feminina, e como eu sempre gosto de dar uma equilibrada nisso a saída foi usar tênis. Pra quem nunca usou saia midi escolher as outras peças as vezes fica difícil, com isso separei algumas inspirações básicas: 


 Os dois próximos looks foram os meus preferidos, o primeiro por ser "Total White" e o outro por causa da combinação das listras com a blusa jeans que eu amei!

sexta-feira, 13 de fevereiro de 2015

É Carnaval!

  Nada como começar o ano com um feriadão de festa e bagunça. O Carnaval é para se divertir, para vestir aquela fantasia e sair nas ruas, sem medo de ser feliz. Com tantos blocos diferentes até quem detesta samba acaba caindo na folia, com blocos que tocam de Marcelo D2 até Beatles. E se você também não quer comprar fantasia só pra sair na rua e ou ir numa festinha, esse post foi feito pra você! 
   Uma dica é investir em maquiagem. Sim! Maquiagem! Pode ser a que você têm em casa e usa no dia-a-dia ou aquela de pintar rosto de criança, podendo se maquiar de caveira mexicana à pin-up. O legal é que é completamente diferente e você ainda pode usar a roupa que quiser. O único problema é o calor, mas acredito que um fixador de maquiagem pode resolver o problema, para sua maquiagem não derreter. 

 Uma fantasia que eu adoro é a de índia, nada muito sofisticado, umas penas, uns colares e uma maquiagem já cumprem o papel. Roupas e acessórios com franjas e sandálias de tiras te deixam ainda mais no personagem. Aquelas bijuterias de hippies, que podem ser encontrados em todo o RJ, são ideais para a fantasia de índia, além de não serem caras. 

  Frida Kahlo está em todos os lados atualmente, acredito que essa ascensão social da falecida artista mexicana deve-se à Vogue, que estampou seu rosto na capa de uma de suas edições de 2012. E para celebrar sua beleza exótica e seu talento, nada como vestir-se de Frida no carnaval. Uma coroa de flores coloridas com o cabelo preso e uma monocelha é tudo o que você precisa. Mas se quiser investir mais é só usar roupas extremamente coloridas, brincos grandes e muitos acessórios. 

  Há alguns anos atrás conheci um tumblr chamado Disneybound, nele a jovem Leslie Kay utiliza personagens da Disney como inspiração para montar as combinações. Para as fãs das princesas, o tumblr mostra que não é preciso ter a fantasia original, basta optar pelos itens certos, com as cores que combinem com a personagem escolhida, além de serem fáceis de serem encontrados e adaptados. 

sexta-feira, 30 de janeiro de 2015

Rock Show: Looks de Inspiração

  Escolher uma roupa pra ir num show de rock pra mim é um dilema que só, as vezes eu quero ir com a blusa da banda, ou quero ir de short por causa do calor. Então selecionei algumas combinações para facilitar na hora da escolha da roupa, que além de tudo têm que ser confortável e prático. 
  Como as ankle boots estão na moda aí vai o primeiro look, com calça jeans estilo boyfriend e uma camiseta, que pode ser a da banda do show. Ótimo para shows em lugares fechados. 
  Sempre quis saber como usar branco num show, afinal, assim que pensamos em rock a primeira imagem que vêm à cabeça é a cor preta, e por que não mudar isso? Claro que não indico ir com um visual total-white, mas uma camiseta branca já muda o ar da roupa escolhida, além de ser menos quente. 
  Para não sair do trilho da moda e investir no "ponto de luz", no branco, a dica é uma camisa branca oversized, que é super prática e descolada. Estou caçando um show para poder usufruir dessa combinação abaixo que me encantou tanto.
  Shorts jeans é quase sempre a opção escolhida das meninas, ainda mais no Rio de Janeiro, que o calor não larga do nosso pé nem de noite. Eles são confortáveis e práticos, não têm erro. Pra não ficar muito básico considere investir em algo específico, como em acessórios, ou ter uma peça principal, pode ser uma blusa xadrez, um sapato diferente, ou até a combinação de estampas como a blusa listrada e o sapato de onça. 

  Uma idéia que eu achei vagando na internet é usar um short de alguma cor, como o short burgundy, ou um super estampado. Com certeza combinarão com uma blusa preta/cinza/surrada de banda. Eu com certeza usaria as combinações abaixo com um par de tênis ou alpargatas, para deixar tudo ainda mais confortável.
  E para finalizar Miley Cyrus e Cara Delevingne com um dos meus maiores amores, o coturno. A blusa camuflada amarrada na cintura torna o visual ainda mais punk pra um show de rock, assim que vi essa foto estou, desesperadamente, atrás de uma blusa dessas. A jaqueta da Cara com a calça jeans cinza foram os itens que tornaram o look punk, mas não é muito indicado para o RJ, que faz um calor infernal. 

domingo, 25 de janeiro de 2015

Planar

 A banda que domina a cena indie, principalmente a do Rio de Janeiro, conquistou meu coração com o seu primeiro CD "Invasão", lançado no segundo semestre de 2014. Eu me interessei pela banda primeiramente pela capa do álbum, que eu achei incrível. Assim que ouvi a primeira faixa do álbum, caí de paixões por essa banda maravilhosa.
 Apesar das mudanças de integrantes a banda se mostra fiel ao próprio estilo. Formada por Leonardo Braga na guitarra e no vocal, Leonardo Villela (conhecido como Chapolin) no baixo, Ivan Roichmann na bateria e o Alan Lopes guitarrista, também integrante da banda Medulla, e um dos meus guitarristas favoritos de todos os tempos (my crush), apesar de eu quase sempre preferir os baixistas.
Da esquerda pra direita: Alan, Chapolin, Leonardo e Ivan.

 No dia 23 de janeiro, fui no show deles no Planet Music, pela primeira vez. O evento, chamado Toxic Fest, contou com a presença da banda gaúcha El Negro, do Planar, é claro, do Stereophant, Canto Cego e  por fim, do Nove Zero Nove. Bandas incríveis, uma oportunidade única. (Por algum motivo o Chapolin foi substituído, creio que temporariamente, pelo amigo da banda Eric Kendi)
 Planar foi a segunda banda a tocar, eu não lembro com qual música eles começaram o show, mas lembro de quando começaram a tocar Conversa Debaixo D'Água. Sabe aquela música que faz seu coração apertar e dá até vontade de chorar? Foi assim, a primeira vez que ouvi essa música ao vivo, uma emoção inexplicável. 
  
  Enfim, para encerrar, veja o último clipe da banda: 
  

quinta-feira, 22 de janeiro de 2015

Blazer e Tênis: o par perfeito

  Tênis são sapatos práticos e versáteis, ficam bem com jeans, vestidos, shorts, com basicamente tudo. E o par perfeito desses nossos companheiros é o blazer, que ajuda a compor um visual super moderno e agradável, ideal para uma reunião entre amigas, um cineminha e até para um festa
  Shorts e cores é uma ótima mistura para o dia, em um almoço ou um passeio no parque. 
 O tênis branco é o escolhido como mais uma tendência para os pés, eles são confortáveis e combinam com tudo
 A t-shirt básica dá um ar de descontraído ao visual.
  E você achando que não poderia usar o par perfeito numa festa de noite ou um show: uma calça de couro ou uma legging metálica resolve o problema. 

quinta-feira, 8 de janeiro de 2015

Medulla, o Movimento

  Medulla é uma banda originalmente carioca que esse ano completa 10 anos de existência. Com os gêmeos Keops e Raony nos vocais, Dudu Valle e Alan Lopes nas guitarras, Rodrigo da Silva no baixo e Daniel Martins na bateria, a banda conquistou meu coração assim que eu os ouvi pela primeira vez. O som deles é diversificado, acredito que seja um rock alternativo com alguns investimentos no rap, e recheado com efeitos sonoros incríveis.
  Eles são extremamente bons e eu queria que eles fossem reconhecidos por isso. Mas já que eu não tenho o poder para tal coisa eu fico aqui falando sobre eles no meu blog, publicando suas músicas no facebook e usando camisas estampadas por aí. Apesar disso a banda deixou de ser uma simples banda e tornou-se um movimento que, ao meu ver, busca cativar esse lado fantástico e oculto da música nacional e implantar suas letras fortes como uma ideologia. 
  Fui no primeiro show deles ano passado, no meu bairro. Eu estava rodeada pelo drama pessoal de retornar pra cidade onde eu cresci, mas nada ali era igual. Quando eu ouvi "Meu sentimento agora é musicado, enquanto canto o mundo fica calado" me afoguei em lágrimas, ouvi-los era como um desabafo. E assim eles levaram minha angustia embora. Nesse mesmo show, conheci a super simpática mãe dos gêmeos, que estava na platéia tentando se comunicar com os filhos.
Então, com vocês: Medulla. 

terça-feira, 6 de janeiro de 2015

Fotos Perdidas: Ponta Negra

 Em dezembro de 2013 minha mãe decidiu que passaríamos a virada de ano em um lugar diferente, e assim fomos parar em Ponta Negra, um distrito do município fluminense de Maricá. Apesar de ser um lugar com poucos habitantes há muito o que se dizer desse lugar que se tornou o meu lugar favorito do mundo. 
  Com o celular e a luz do Sol tentei captar o que meus olhos viam 
  Sou completamente apaixonada por mar, e eu me encontrei nesse lugar. Na maioria dos dias, a praia era basicamente deserta, o sol não era tão quente e a água não era tão gelada, tudo era simplesmente perfeito.


  Essa sombra acima rindo é minha mãe que queria porque queria uma foto ali, naquele lugar, enquanto caminhávamos à caminho do Forte que é um ponto turístico da cidade. 
  Essa parede à esquerda é o Forte. E essa é a minha foto favorita de Ponta Negra, nela eu consegui captar o movimento das pessoas que se divertiam nesse lugar lindo, tendo de fundo o mar aberto.

quinta-feira, 25 de dezembro de 2014

Será Que? #Netflix

  Quem imaginaria ver o rapaz que interpretou o bruxo mais famoso do cinema participar de uma comédia romântica? Pois é, Daniel Radcliffe surpreende nesse filme e mostra um lado dele que eu não conhecia: a versatilidade. O filme adere ao pensamento clichê de que não é possível uma amizade forte e sincera entre pessoas de sexos opostos, e trabalha isso de forma divertida. 
  Wallace (Daniel Radciliffe) é um personagem amável e de certa forma solitário, e faz com que você deseje a felicidade dele desde a primeira cena. Chantry (Zoe Kazan) é uma personagem confusa porém divertida. Determinados diálogos fazem com que seja difícil de acreditar que para ela Wallace é apenas um amigo.

   O filme foi recentemente adicionado ao Netflix. Classificado em 6,9 pelo IMDb e 4,2 estrelas no Netflix. Na internet vi diversos comentários que diziam que é a melhor comédia romântica desde "500 Dias Com Ela", e talvez eles estejam certos. Porém, ao meu ver, "Será Que?" teria sido baseado nesse filme que marcou o cinema indie. Espero que vejam, espero que gostem. 

quarta-feira, 24 de dezembro de 2014

Chapéus

 Há algum tempo o chapéu vêm entrando na moda de maneira mais agressiva, tornando-se um hit. Mas essa mania de ter um acessório a mais sempre esteve presente, seja com a febre do boné, como aconteceu há um tempo atrás, e depois a da touca de lã, mas o clima brasileiro não favorece o uso dessa última. 
  Com o Sol extremamente radiante, o uso de chapéus torna-se um acessório positivo, ao nos ajudar com a proteção dos raios "malignos", além de serem confortáveis e existirem em diferentes formas, tecidos, modelos, cores, podem ser adequados a todos os estilos e gostos.
  O uso dos chapéus não é só algo dos plebeus, as estrelas também são à favor do acessório, seja na TV como mostra Taissa Farmiga em um episódio de American Horror Story, ou no mundo real com Demi Lovato e a raina Beyoncé.



Seguem alguns modelos de chapéus:
  1) Foi meu favorito de todos por ser de veludo e ter a aba grande. (Meu aniversário é esse mês, se você não souber o que me dar de presente, um chapéu desse é muito bem-vindo) 
  2) É o tipo de chapéu que você pode ir em qualquer lugar. 
  3) Tudo o que tenho que falar dele é: PRAIA


Hit: Hats